E lá vamos nós...

Lembra aquele episódio do Pica Pau em que ele esconde a vassoura da bruxa no meio de várias vassouras comuns? A coitada da bruxa ficou o resto do desenho lá procurando a vassoura voadora dela e a cada vez que pegava uma nova vassoura dizia "e lá vamos nós...", que eram as palavras mágicas pra vassoura levantar voo. Vcs lembram disso?

Pois é, eu hoje fazendo uma análise das tantas vezes que comecei a fazer uma dieta que não dava certo me lembrei desse desenho. Parece que eu sempre peguei a vassoura errada. O problema é que eu não sou bruxa e que as coisas mágicas não são encontradas assim com tanta facilidade.
Por isso tomei a decisão de encarar a real. Estou assumindo que tenho uma doença e preciso me tratar dela. Sou obesa, tenho obesidade grau 2, estou com 44 quilos acima do meu peso ideal, meu colesterol tá alto, minhas taxas de açúcar estão no limiar do que é considerado normal o que a médica considerou elevado (lógico). Estou cansada, não faço nenhuma atividade física, passo o dias sentada em frente ao computador e não encontro roupas legais que me sirvam. Resultado de todos esses fatores:muita ferração, frustração e tristeza!!!
Pois é. Recebi os resultados de sangue na sexta e ontem fui a nutricionista. Ela não é daquelas muito exigentes e nem tentou me assustar, aliás ela nem precisava, com todas essas coisas ai de cima né? Ela tentou me tranquilizar e disse que com uma alimentação saudável, atividade física, paciência e perceverança eu posso conseguir. E Deus sabe como eu quero conseguir.
Hoje já comecei a fazer tudo conforme a nutricionista mandou. E não está sendo muito difícil. Veremos nos próximos dias.
Depois falo mais detalhes dessa nova alimentação. Mas posso adiantar que não tem segredo, é bem simples, o problema é acostumar com os sabores e ainda mais com aquele "doce sabor" de adoçante ( eca!).

Aqui embaixo uma listinha das coisas das quais tenho que passar longe:

"Jujuba, bananada, pipoca,
Cocada, queijadinha, sorvete,
Chiclete, sundae de chocolate,
Uh!
Paçoca, mariola, quindim,
Frumelo, doce de abóbora com coco,
Bala juquinha, algodão doce e manjar..."

Ô pecado!!!

Bejocas!!

8 comentários:

Dona Karen disse...
8 de outubro de 2010 12:59

Dani,
de manhã deixei um comentário enorme aqui , superpoetico e nada do comput salvar
aí me deu preguiça de escrever de novo!
Mas força e perseverança: AGORA CÊ PEGOU A VASSOURA CERTA!

bJOS AMIGA

Márcia disse...
9 de outubro de 2010 08:45

Dani,
Eu sei o quanto a luta contra a balança é penosa... Tive uma fase bem sanfoninha na adolescência e cada dia era uma batalha... e quando eu comia um sonho de valsa a dieta ia pro ralo... Como é difícil superar isto... E a dica que te dou é viver um dia de cada vez, lutando contra a vontade de comer (que não é fome). Um kilinho de cada vez... e vc vai prosperar minha querida! Vai sim!
Acredite novamente em você, descubra sua beleza, a delícia que é comer as frutas que temos no Brasil (ontem paguei o equivalente a 13 reais numa manga brasileira aqui na Alemanha...). E conte conosco!
Um beijo e boa sorte!
Lembre-se que o prazer da comida só dura até a garganta. Depois que a comida passa por lá... temos que lidar com as consequencias.
Força linda!
Márcia

Rafael Carvalhêdo disse...
12 de outubro de 2010 16:34

Dani, é tudo uma questão de hábito. Já fiz dieta pra reduzir colesterol, por incrível que isso pareça. As comidas saudáveis são boas sim, e o processo da dieta é satisfatório no sentido de que você tá cuidando de si mesmo. É uma sensação muito boa essa!

Com o tempo tu vai se acostumar com a alimentação, vai com certeza se sentir melhor fisicamente. A pele vai ficar mais bonita, a digestão mais regular, disposição maior, e uma sensação ótima de equilíbrio por estar cuidando de si própria. Coisas como refrigerante, por exemplo, quabdo você para pra valer descobre que aquilo não faz falta nenhuma na tua vida. Em três semanas o refri passa a ser coisa do passado, tu vai achar eles doces demais e artificiais. Nada mais gostoso e refrescante do que um suco.

E outro lado positivo é que tu nunca vai deixar de comer as coisas gostosas. Vai comer elas apenas raramente, mas vai comê-las. Algumas pessoas perdem a vontade, pois se habituam a nova dieta. Outras, comem raramente, e tratam o momento como divino.

É tudo uma questão de hábito. Comer vai continuar sendo algo maravilhoso, nunca deixa de ser!

Vai fundo, que dá certo!

Du disse...
13 de outubro de 2010 05:32

OMG... e a vida vale a pena ser vivida sem um cadim de algodão doce veiz em quando? Forçaaaaa amiga!!!!

Beijão

Dani M. disse...
13 de outubro de 2010 06:54

ô gente, brigada pela força!!! Voiu conseguir, na verdade ja estou conseguindo. Resisti a refrigerantes, bolos, doces. Mas ontem como era dia das crianças comi um sorvetinho com waffer :) Faz mal não. Em breve começo minha hidro e ja tenho até uma companheira.
obrigada mesmo pelas palavras de encorajamento. Elas me ajudam demais.
Beijos em todos!!

Ich, Hausfrau disse...
15 de outubro de 2010 16:29

que dureza, hein amiga! eu tbem to com colesterol alto e preciso fazer alguma atividade fisica... não sei até quando vou protelar isso.... parabéns pela sua atitude de cuidar de si mesma... só vai te fazer bem! bjos

Loira do Posto disse...
18 de outubro de 2010 22:04

Amiga, saudades de vc e dakeles nossos almoços na feira, no Dom Francisco, enfim...
Eu gravidíssima de 5 meses perdi 6 kg e nessa fase...perder kilo não poooode, tô vomitando até minha alma.
Tô com cara de doente,mas tudo bem, vai passar..
Te desejo sorte nessa loooonga caminhada que eu bem sei que se faz em um trajeto bastante longíquo...
Bjssss fuiiiiiiiii

Nina disse...
20 de outubro de 2010 03:38

o assunto é sério dani, mas vc comecou e terminou tao agradável que eu nem fiquei preocupada :=) lembrar do picapau maluco e do que hj vc tem q passar longe foi bem legal.
Mas vamos ao q interessa: 44 kg a mais é mt sim! isso é quase o que eu peso! isso é um fato e vc sabe disso. Ponto pra ti que ja reconheceu que precisa fazer urgentemente algo. Agora, a vassoura certa, como disse a Dona Karen, vc já achou. Agora tem que de fato subir nela e voar longe. Vc pode, como vc mesma notou, viu que nao foi tao dificil assim o comeco.
Olha Dani, meu marido tá com quase 20 kgs a mais que o adequado, e ele tem seguido uma dieta mt legal,que é evitar doces e carboidratos à noite. Só em datas especiais ele abre mao disso. Ele come só salada e carne, ou sopas à noite. Eu tenho cozinhado o jantar seguindo receitas de um livro especial pra dietas e é tudo MUITO gostoso. Vc tem que ter perseveranca e nao desistir.
Agora uma coisa mt importante, sai da frente do computador qd puder, e vai dar uma caminhada. Nisso tudo o mais importante é vc ter certeza de uma coisa: sem atividade física nenhuma dieta tem sucesso. Aprenda a fazer atividade fisica, qq que seja ela, mas faca!
e vc vai ver que com persistência, a atividade fisica acaba ficando tao prazerosa que vc nao quer mais parar.

Vamo lá subir nessa vassoura que agora é a certa!!! e nao desista na primeira frustracao.

Volver al inicio Volver arriba A Louca da Casa. Theme ligneous by pure-essence.net. Bloggerized by Chica Blogger.