Tô viva!

Oi oi oi!!!
Haja preguiça hein? Faz mó tempão que eu tô com vontade de escrever, de atualizar, de contas os babados mas não tava rolando.
Pra piorar desde semana passada eu fiquei doentinha. Primeiro foi um mal estar, uma sensação de febre e aquela moleza que dá vontade de deitar. No fim de semana a febre veio com tudo, ganganta inflamou, fiquei sem voz, sem fome, sem ânimo e só ontem que me senti bem melhor.
Patrick é tão cumplice (juntos somos um!kekekeke...) que até ficou doente também. E sinceramente, ficar doente é ruim mas ficar com o marido doente, meus amigos, é pior.
Não sei quanto a vocês amigos meninos que visitam esta casa, mas meu maridinho é um bombom de alho quando fica doente. Fica muito manhoso, faz beicinho pra tudo, tudo dói. Ele faz o maior drama e diz de hora em hora: amor, num sei se acordo vivo amanhã! Como se, caso morresse, ele acordaria, aff... Chega a irritar.
Mas depois da irritação vem aquele sentimento de dó. Tadinho todo dodoizinho... aí faço carinho, converso com ele em "bêbênhês", pergunto se tá com sede, com frio, com calor, com fome, com vontade de ir ao banheiro, enfim, ofereço qualquer coisa que faça ele melhorar e rezo. Ah Deus sabe! Peço a Deus pra por favor fazer meu amor ficar bem logo porque senão eu devolvo ele pra mãe dele.
Não me acusem de insensível, por favor! Não sei quanto a vocês meninas que visitam esta casa, mas eu fico boba vendo o quanto os homens conseguem ser tão fortes e corajosos nos momentos em que naturalmente sentiríamos medo, mas tão medrosos e sensíveis diante de um simples resfriado.
A gente (as meninas) fica lá firme e forte. Com febre, frio, tremor mas ainda assim consegue lidar bem melhor com a dor do que os nossos amados homens, né não?
Agora estamos bem. Eu ainda recuperando a garganta com antibióticos e ele "intornando" o expectorante pra melhorar da tosse, mas bem.
No mais tudo certo. Terminei de ler o Comer, Rezar, Amar e é todo bom esse livro. Amei a parte do "Amar", bom demais mesmo. Tenho um versão digitalizada; quem quiser me manda email que eu envio: dmoreira21@hotmail.com.
Uma bejoca de longe pra não passar as minhas bactérias, kekekekekeke.... é que elas são muito apegadas a mim...

7 comentários:

Luana! disse...
13 de agosto de 2009 11:24

Ahahahaa

Ô, mermã! Sinceramente, se o meu não me devolver, eu tb o devolverei. Ele tá lááá onde judas perdeu as havaianas, mas sente uma dorzinha e me liga, como se eu fosse médica, enfermeira e stripper. Hahaha
Aí eu falo: ja tomou isso, ja fez chá daquilo? Nãããooo...
Me irrito à beça. Aviso trocentas zilhões de vezes q eu ñ gosto de homem manhoso, pq é mta competição..sou mimada demais. #confesso. Mas quem diz q funciona.

Aff! Esses homis conseguem matar uma barata e ñ conseguem nem tomar uma injeçãozinha. Grrr!

Amiga, mas to vendo q tu tá dando conta e q tá mior...

Fiquem bem! Qto ao beijo de longe...deixa pra lá...daqui a uma semana, tenta me dar um na bochecha. Por eqto, até esse de longe, eu dispenso!

#brincadeirinha xD

Luana! disse...
13 de agosto de 2009 11:24

Ahahahaa

Ô, mermã! Sinceramente, se o meu não me devolver, eu tb o devolverei. Ele tá lááá onde judas perdeu as havaianas, mas sente uma dorzinha e me liga, como se eu fosse médica, enfermeira e stripper. Hahaha
Aí eu falo: ja tomou isso, ja fez chá daquilo? Nãããooo...
Me irrito à beça. Aviso trocentas zilhões de vezes q eu ñ gosto de homem manhoso, pq é mta competição..sou mimada demais. #confesso. Mas quem diz q funciona.

Aff! Esses homis conseguem matar uma barata e ñ conseguem nem tomar uma injeçãozinha. Grrr!

Amiga, mas to vendo q tu tá dando conta e q tá mior...

Fiquem bem! Qto ao beijo de longe...deixa pra lá...daqui a uma semana, tenta me dar um na bochecha. Por eqto, até esse de longe, eu dispenso!

#brincadeirinha xD

Dani M. disse...
13 de agosto de 2009 11:47

ain amiga, tu é uma cocozinha mas eu te amo! smacht na buchecha!!

Albertinho disse...
13 de agosto de 2009 12:29

Exatamente isso! Eu mesmo transformo uma gripe e uma febre numa pneumonia e qualquer atitude de levantar pra fazer um chá ou coisa do tipo suponho que eu vá me quebrar todo, ai fico esperando a morte chegar ou uma alma caridosa me mimar levando remedinho.

E isso já vem de meu pai que fica podre, gemendo alto quando tá gripado, como um lamento, eu hein!

aceno de mão, bem de longe.

Amigao disse...
13 de agosto de 2009 13:45

É normal não sei pq a surpresa, somos assim mesmo forte quando necessário e fracos quando precisamos de carinho,dengo, chá.

Eu quero a versão do livro, me manda?

Beijão do amigão

Du disse...
13 de agosto de 2009 18:29

Aiiiii Dani! Fiz um comentário enorme aqui e quando fui postar deu erro! arghh!

Bom, tô feliz porque vc postou porque também tava com saudade! rs

E homens são muito mais fracos que as mulheres quando se trata de sentir dor!

Melhoras pra vocês dois, beijão no coração!

Su disse...
14 de agosto de 2009 04:38

Danizinha, vc é a fortaleza em pessoa, pelo menos é isso que eu sinto daqui!!
E fica boooa logo, tava com uma saudade danada de vc!!
Beijos e ótima sexta-feira

Volver al inicio Volver arriba A Louca da Casa. Theme ligneous by pure-essence.net. Bloggerized by Chica Blogger.