O que será que será de mim?

Sempre chega um momento na vida em que precisamos tomar decisões. Mas o que fazer quando as decisões que envolvem você não podem ser tomadas por você mesmo?

Estou em uma situação assim.

Estou sentindo um medo que muitos brasileiros e gente do mundo todo está sentindo desde o final de 2008. Uma pergunta fica martelando na minha cabeça: será que vou ter emprego nos próximos meses?

A crise é geral. Mas no meu caso, digo, no nosso caso ( meu e do povo maranhense), o que nos afeta ainda mais é a crise política.

Acredito que meus amigos aqui sabem que o Maranhão acaba de ter seu governador legítimo cassado. Agora temos uma governadora.

Nós que trabalhamos no governo Jackson Lago não sabemos o que vai nos acontecer. Somos meros peões. Muitos acreditam que nem lembrarão de nós e que ficaremos aqui, continuando fazendo nosso trabalho, agora sob uma nova direção.

Enquanto muito choram, ficam revoltados, desesperados, deprimidos, eu fico pensativa. E triste também.

Preocupada? Claro! Acabei de casar. Tenho um tanto de contas e uma casa para sustentar com meu maridinho.

Isso tudo que tá acontecendo aqui é muito surreal gente! Quem tá de fora não consegue ter noção.

O povo do Maranhão não está feliz. O meu povo não está feliz.

Será que algum dia vamos ser um Estado livre? Será que nossa vontade política vai valer algum dia? Será que vai ser respeitada?

Quero estar viva para ver isso.

Enquanto todas essas questões não tem resposta, uma questão continua: será que vou ter emprego nos próximos meses?

Quem quiser me ajudar a responder fique à vontade. Quem quiser me oferecer um emprego fique mais à vontade ainda.

Bejocas!!!

10 comentários:

Du disse...
23 de abril de 2009 13:56

Bem que eu queria ter um emprego pra te oferecer, Dani! Mas acontece que daqui a pouco vou ter que procurar algo pra mim também, meu emprego está por um fio faz alguns meses já... Pra vc ter uma idéia, até meu chefe já foi demitido e eu estou praticamente sozinha no setor... Sei que vai acontecer, só não sei quando. Talvez quando terminar o contrato do Banco com a empresa que me contratou, aparentemente será no final de julho... Estou na mesma expectativa que vc e eu sei o quanto isto nos deixa aflitas!

Mas resolvi não sofrer por antecipação e me mexer. No domingo tenho a prova de um concurso que vou fazer. Se tiver muuuuuuuita sorte, posso vir a ser funcionária da universidade federal daqui. Bom, pelo menos eu continuo sonhando, né? rsrsrsrsrs

Beijos querida e boa sorte!

Marciene Botelho disse...
23 de abril de 2009 14:17

Amiga, ta aí a pergunta que realmente não quer calar a nenhum de nós.
Se te servir de consolo (o que eu acredito que não vá acontecer), estamos na mesma situação.
Ai Jesus, eu sou uma quase casada..kkk e tb não sei o que será de mim e do meu futuro...
Acho que foi a Nazaré Tedesco que voltou e trouxe com ela a Roseana...isso sim que é chá com 3 gotinhas de limão como diria meu amigo Vitinho.
Agora é esperar os próximos cápítulos dessa novela!
Beijokas da Loira do Posto!!!

Lu. disse...
23 de abril de 2009 23:15

Ai, amiga! Situação cruel essa nossa de 'peões'.

Eu que estou sem nada, tb estou sem a minima vontade de te dar 'boas vindas' ao nosso desesperado mercado de trabalho.

É correr para o networking q tu tem ja garantindo algum.

Bjooo

Dani M. disse...
24 de abril de 2009 04:43

Ainnnn amigassss, a situação é cruel. Ainda não desesperei sabe?! No fundo tô num dilema, uma coisa bem do tipo "se correr o bicho pega e se ficar o bicho come".Numa briga interna do que eu acredito e o que necessito pra viver.
Du amiga, nós vamos sair dessa. Em nome de Jesus!
Marciiii, vamos ter fé. Acendi meus incensos pra São jorge ontem e vai dar tudo certo.
Luanex, meu chuchu, to morrendo de saudade já. Amiga o que é seu tá chegando, se é que vc me entende, hehehehe...Sou péssima de networking, um cocozinho.
Beijos a todas meus amores.

Su disse...
24 de abril de 2009 06:30

Dani, eu já te falei!!
Vamos vender água de côco em Porto Seguro!!! rsrsrs...
Brincadeiras a parte querida, eu imagino a sua agonia! Vc está construindo a sua família agora e precisa de estabilidade!! Eu vou ficar torcendo para que dê tudo certo para vc!!
Beijo grande!!!
Bom FDS

Dani M. disse...
24 de abril de 2009 06:40

Brigada Suzinha! Preciso de toda torcida possível.
Beijos amoreca!!!

Deeh! * disse...
25 de abril de 2009 05:08

faço parte do seu povo, e como vc mesma disse: não estamos nada felizes.
mas 2010 está bem aí, vamos novamente dar o troco a esta oligarquia, que trata com tanto descaso e falta de respeito à nós e ao nosso povo

Gisele Amaral disse...
26 de abril de 2009 17:26

Mas precisamos mesmo é esperar as cenas do próximo capítulo! Se eu souber de algo, chuchu, te aviso: amigo é pra essas coisas.

Um cheiro.
=*

Nina disse...
26 de abril de 2009 23:46

OOhh Dani, é mesmo barra, principalmente porque outro dia vc tava falando da falta de empregos na sua regiao. Olha querida, como todas as meninas, tbm to na torcida, mas to achando que vc pode mesmo ja comecar a pensar em outras alternativas, talvez enviar curriculos, conhecer coisas novas, se arriscar um pouco (nao tanto,é claro), nao sei... tentar encontrar alguma solucao. pensar mesmo em alternativas. nao se acomodar!

vc é bem inteligente e disposta, corre atrás entao.

vou te dar uma dica com relacao a decisoes, se algo depender de vc,da sua decisao, antes de dormir, procure relaxar o corpo, totalmente, mais ou menos como numa meditacao. deitada. entao vc so pensa no problema que vc precisa resolver. so nisso, nada mais e procure dormir pensando somente nisso. geralmente, vc acordará no meio da noite ou mesmo de manha, com a resposta a sua pergunta, porque o seu inconsciente conhece as respostas que vc precisa.

bom, é isso, comigo da mt certo.
espero que tudo corra bem.
Um beijo

Dani M. disse...
27 de abril de 2009 07:04

É Deeh, uma hora a gente vira esse jogo. Tenho fé nisso. Beijos!!
Gisa beesha fica de olho mesmo e dá um toque. To aguardando as cenas dos próximos capítulos. Que o bem vença o mal, hehehehe...Bjoca Gisa!
Uau Nina. Adorei a dica, vou experimentar. No mais confio em Deus, entreguei a ele essa decisão. AS vezes uam coisa parece tão ruim mas lá na frente a gente percebe que aconteceu da melhor maneira. Um beijo grande!!

Volver al inicio Volver arriba A Louca da Casa. Theme ligneous by pure-essence.net. Bloggerized by Chica Blogger.