Desmotivação é uó!

Bom dia todo mundo!

Eu sei que segunda-feira é um dia tipicamente chato, entediante, sem graça, de muita preguiça e que um post sobre desmotivação não é exatamente o que se espera ler em plena segunda-feira :/

Mas o problema é que eu estou pura desmotivação. Não só hoje. Esse sentimento vem se arrastanto comigo a bastante tempo. Desde que minha vida profissional se tornou uma mera repetição de atividades. Não sinto prazer no trabalho que venho fazendo, isso é, quando há algo pra fazer mesmo, pois aqui no trabalho tá um marasmo total, e pior, acredito que isso vá se prolongar até o resultado das eleções para governador.
O que ainda me faz levantar da cama super cedo, pegar ônibus lotadão e vir trabalhar é a necessidade do salário.

Ai Deus!!! Tenho pensado muito em estudar para concursos. É uma porta para uma vida mais estável, com menos preocupações com as contas no final do mês, com garantias trabalhistas, salários em dias certinhos, plano de saúde, férias. Mas sei que enquanto eu estou pensando em estudar, milhares de pessoas estão com a cara nos livros e apostilas a anos, tentando incansavelmente passar em concursos, acertando mais de 50% das questões das provas.

Queria tanto ter força de vontade pra estudar. Mas nem isso.
Mas apesar da frustração eu ainda tenho fé de que essa fase ruim vai passar, pra mim e pra amigos meus que também estão na mesma.

Deixo para mim e pra você que lê o blog a letra da música Maria, Maria, do Milton Nascimento e Fernando Brant, como uma mensagem de fé e esperança pra lutar sempre.

"Maria, Maria
É um dom, uma certa magia
Uma força que nos alerta
Uma mulher que merece
Viver e amar
Como outra qualquer
Do planeta

Maria, Maria
É o som, é a cor, é o suor
É a dose mais forte e lenta
De uma gente que rí
Quando deve chorar
E não vive, apenas aguenta

Mas é preciso ter força
É preciso ter raça
É preciso ter gana sempre
Quem traz no corpo a marca
Maria, Maria
Mistura a dor e a alegria

Mas é preciso ter manha
É preciso ter graça
É preciso ter sonho sempre
Quem traz na pele essa marca
Possui a estranha mania
De ter fé na vida...."

5 comentários:

Karina disse...
5 de julho de 2010 07:53

Ai, olha estava nessa mesma vibe sua antes de pedir demissão...Cheguei a conclusão que só mudamos o problema de lugar, sabe? Concurso? minha sincera opinião, é para quem não trabalha e vive daqueles cursinhos prepartórios e olhe lá...Tente encontrar o que vc gosta de fazer, independente da estabilidade. Beijão

Ich, Hausfrau disse...
5 de julho de 2010 08:11

toda segunda-feira fico nessa desmotivação tbem... aos poucos vai passando... enquanto para algumas pessoas é super facil mudar totalmente o rumo das coisas, pra mim já é super dificil pedir demissão e tentar novas experiencias... enquanto isso, vamos levando a vida, né... bjo

Luana! disse...
5 de julho de 2010 20:40

A propósito do que a Karina disse, concurso não é solução em si, vistas que o trabalho no serviço público tb é considerado repetitivo e nada criativo.

Então, defina bem o q vc quer da vida e desenhe seus planos a médio e longo prazo. Pq, a médio, as coisas podem ser bem mais difíceis, mas se segurares a onda de que mais à frente irás conseguir, ótimo.

Por eqto, só te aconselho a nem reclamar do repetitivo q tens hj.

Dona Karen disse...
6 de julho de 2010 04:03

DANI,

ficar desempregado é pior que tudo.
Já fiz isso, ja larguei tudo por causa dos concursos e não deu certo..estudei seis meses afinco e só consegui passar lá no fim da fila..então conselho de amiga, mude de emprego e só mude quando tiver outro em vista, mas não fique desempregada é a pior besteira que uma mulher casada pode fazer... bjossssssssss enormes.

Márcia disse...
6 de julho de 2010 12:26

Dani,
Sacode a poeira, encontre forcas no seu coracao pra mudar tudo o que quer mudar em sua vida!
E seja muito feliz!
Bjim,
Marcia

Volver al inicio Volver arriba A Louca da Casa. Theme ligneous by pure-essence.net. Bloggerized by Chica Blogger.